Caixa rápido

Volta às aulas com o seu Caixa Rápido

Início de ano letivo chegando e a volta às aulas impulsiona a economia brasileira no segmento de atacado e, principalmente, no varejo do ramo de papelaria e livraria. Essa fase costuma ser um período de sazonalidade com elevação das vendas e atendimento. Por isso, as empresas varejistas desse ramo precisam estar preparadas para o aumento da demanda de consumo.  Por esse motivo, é importante que as empresas adotem um software de Caixa Rápido, para que promova melhorias em muitas áreas e processos.

Para que você entenda melhor a respeito desse tema, a JS Softcom traz neste artigo como o seu sistema Caixa Rápido pode ajudar a sua loja nessa volta às aulas.

Preparado para altas demandas

O Caixa Rápido está preparado para atender altas demandas provenientes da volta às aulas. Um período em que a corrida às lojas de papelaria e livraria aumenta de forma considerável.

Além de oferecer toda a estrutura para atendimento, o sistema Caixa Rápido também está disponível para os dispositivos baseados no sistema operacional Android, algo que garante mobilidade para as equipes e agilidade no atendimento.

Compras coletivas

Na busca de conseguir maiores descontos, muitos pais e responsáveis se organizam para realizar as compras dos materiais escolares em conjunto.  Assim, maiores quantidades possibilitam um melhor poder de barganha dos preços dos itens.

Dessa forma, o sistema Caixa Rápido vai ajudar de forma considerável nessa volta às aulas. Pois está completamente preparado para processar altas quantidades de itens nas vendas. Além disso, gerencia de forma eficiente os descontos aplicados sobre cada item e/ou venda.

Isso cria um ambiente de relação ganha-ganha, pois tanto o lojista quantos os consumidores se beneficiam nessa relação comercial.

Sem falta nos estoques

A volta às aulas requer que a sua loja esteja preparada quanto aos níveis e controle dos seus estoques, por isso, o sistema Caixa Rápido é indispensável, visto que atualiza em tempo real as quantidades de cada item.

Além disso, o Caixa Rápido é vinculado ao sistema de retaguarda, um fator fundamental para que os gestores da sua empresa tenham as informações que necessitam para a tomada de decisão.

Agilidade no pagamento

Neste período em que as lojas precisam de agilidade não somente no pré-vendas, mas também na finalização dessas vendas, pois isso evitará a formação de filas.

Nesse cenário, o Caixa Rápido exerce função fundamental para ajudar o seu negócio a ter produtividade na finalização das vendas. Pois se integra aos principais meios de pagamento, com comunicação rápida, além de ser capaz de emitir o documento fiscal de cada transação de forma ágil.

Assim, além de garantir a qualidade no atendimento, o Caixa Rápido evita a ocorrência de erros no processo de finalização e recebimento financeiro das vendas. Consequentemente reduz os prejuízos financeiros, principalmente nessa alta taxa de atendimentos por conta da sazonalidade da volta às aulas.

Não deixe de adotar o Caixa Rápido na sua loja nessa volta às aulas, pois você vai garantir os melhores processos para a sua empresa e a satisfação dos seus clientes.

Gostou desse artigo? Então acesse agora mesmo a nossa seção de notícias para estar sempre informado a respeito das melhores práticas de gestão e softwares de automação.

5 dicas na hora de escolher o software de automação certo para o seu restaurante

O dia a dia da operação e funcionamento de um restaurante envolve peculiaridades e múltiplas tarefas, de modo que muitas são executadas de forma simultânea ou sequencial. Isso requer otimização dos processos, disponibilização das informações de forma rápida e com qualidade, bem como estabelecer diferenciais no atendimento ao cliente. Nesse contexto, é fundamental que todo restaurante adote um bom software de automação, pois isso permitirá agilidade para a tomada de decisão e proporcionará o atendimento ao cliente de forma ágil e com qualidade.

Para que você saiba mais a respeito, nós da JS Softcom preparamos este artigo em que daremos 5 dicas preciosas que te ajudarão a escolher o melhor software de automação e gestão para o seu restaurante.

Leia também: Software de gestão comercial: 4 razões para investir em restaurantes.

1 . Reputação da empresa desenvolvedora

O primeiro ponto que você deve analisar ao escolher um software para o seu restaurante é a reputação da empresa desenvolvedora junto ao mercado. Essa primeira triagem de informações é fundamental para orientar quanto à melhor escolha dessa parceria de negócios.

Busque informações com alguns clientes da empresa desenvolvedora do software com o objetivo de averiguar o seu nível de satisfação. Bem como são tratadas as ocorrências nos chamados técnicos e se são respeitados os SLAs — Service Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço) estabelecido no contrato de manutenção e suporte.

Busque informações a respeito da estabilidade fiscal, financeira e jurídica da empresa desenvolvedora. Essas informações são fundamentais no processo de condução das suas responsabilidades contratuais e de investimento em novas tecnologias.

2 . Integração com a cozinha

A cozinha é considerada o coração de todo restaurante. Pois é nessa área que é desenvolvida a atividade-fim das empresas desse segmento. Nesse sentido, busque um software que tenha atenção para a área da cozinha, pois isso vai agilizar o atendimento. De modo que os pedidos devem ser enviados pelos garçons direto para a área de produção.

Dessa forma, o seu cliente terá menor tempo de espera, o número de atendimentos será maior e, além disso, as taxas de erros terão tendência de diminuírem. Essas medidas proporcionam melhor uso dos recursos e redução dos custos operacionais.

3 . Agilidade no módulo de Frente de Caixa

O módulo de Frente de Caixa exerce função fundamental para o bom funcionamento de todo restaurante, visto que permite agilidade no atendimento dos clientes no ato do pagamento da sua conta de consumo.

Assim, o Frente de Caixa deve ter a característica de facilidade e simplicidade no manuseio. Pois quanto menor for a necessidade de inserção de dados de forma manual, maior será a velocidade no atendimento do cliente no ato do pagamento.

4 . Integração com outros equipamentos

Outro ponto que você deve analisar ao escolher um software de automação para o seu restaurante é a sua capacidade técnica de integração com outros equipamentos, pois isso vai criar um ecossistema funcional e de otimização das tarefas.

Um bom exemplo disso é a integração do software de gestão à balança digital utilizada nos restaurantes self service. Pois isso permitirá gerar uma etiqueta com código de barras que será utilizada no ato do pagamento. Para agilizar ainda mais esse atendimento, o software de automação deve se integrar a um leitor de código de barras, o que evitará que a área de atendimento tenha que digitar as informações de pagamento.

Outras possibilidades de integração do software são com os dispositivos móveis que podem ser utilizados pelos garçons para inserirem os pedidos dos clientes na plataforma, agilizando ainda mais o processo de atendimento.

Além disso, deve haver a integração com equipamentos de emissão de documentos fiscais e de meios de pagamento. Pois facilita o cumprimento das obrigações junto aos órgãos fiscalizadores, bem como o recebimento com a adoção de meios de pagamentos inteligentes.

5 . Retaguarda com gestão avançada

As atividades de um restaurante não se restringem somente ao atendimento dos clientes, mas, como toda empresa, requer planejamento e gestão de alta performance. Assim, você deve analisar e escolher um software de automação com um bom módulo de retaguarda. Pois, isso permitirá aos gestores terem as informações que necessitam para a gestão  do empreendimento.

Esse módulo é responsável por gerir os suprimentos e recursos físicos, controlar a gestão financeira, bem como realizar o controle e gestão do capital humano. Todas essas atividades estarão integradas e irão compor um sistema que proporcionará a administração de todo o negócio.

Como você pode perceber, um software de automação é indispensável para o bom funcionamento do seu restaurante e, ao seguir essas 5 dicas deste artigo, certamente, você fará a melhor escolha de acordo com o seu empreendimento.

Gostou desse artigo? Então acesse agora mesmo a nossa seção de notícias para estar sempre informado a respeito das melhores práticas de gestão e softwares de automação.

Software de automação: descubra o que pode fazer pelo seu restaurante

Alguma vez você já parou para pensar se tem usufruído de todos os benefícios que a Tecnologia da Informação disponibiliza para o seu empreendimento? Já imaginou como seria o seu processo de gestão e conquista de mercado caso tivesse um bom software de automação?

Esse é um dilema que a maioria dos administradores já passou ao longo da sua trajetória profissional. Isso é plenamente comum, porém, também desperta a busca das melhores soluções disponíveis no mercado.

Esses questionamentos também fazem parte no segmento de restaurantes. De modo que os seus gestores também necessitam de um bom software de automação. Mas, você sabe o que esse tipo de software pode fazer pelo seu restaurante? Se essa é a sua dúvida, você está no lugar certo, pois nós da JS Softcom iremos abordar neste artigo os principais pontos desse tema, para que você possa ter melhor conhecimento do assunto.

Otimização dos processos de gestão

A gestão de um restaurante requer controles precisos e sempre atualizados. Nesse contexto, um software de automação proporciona aos gestores todas as ferramentas necessárias para a otimização dos processos.

Assim, a simplificação e otimização dos processos proporcionará atividades mais fluidas. Em consequência, a melhoria do uso do tempo para tomar as decisões mais importantes a respeito do empreendimento.

No entanto, isso somente é possível porque um software de automação disponibiliza as informações com qualidade e sob uma tratativa de acordo com cada cenário e demanda.

Acompanhamento dos resultados das operações

Acompanhar os resultados das operações do seu restaurante é fundamental para analisar o sucesso de cada atividade e, assim,  estabelecer e medir os indicadores de desempenho.

Por essa necessidade fundamental, um software de automação possibilita que os gestores tenham ferramentas que permitam mensurar e acompanhar os resultados operacionais e financeiros. Se necessário, adotar medidas corretivas com o objetivo de trazer estabilidade e sucesso operacional.

Gestão efetiva da cadeia de suprimentos

Gerir a cadeia de suprimentos é fundamental para que o restaurante tenha sucesso nas suas operações e disponibilize os melhores produtos para os seus clientes. Pois os processos de aquisição e ressuprimento ocorrerão de forma inteligente e alinhadas de acordo com a demanda de consumo.

Assim, um software de automação estrutura as informações dessa área de forma que os gestores possam acompanhar os níveis dos seus estoques e, em seguida, estabeleçam as políticas adequadas de preço e quantidade de aquisição.

Essa otimização da cadeia de suprimentos permite melhor uso dos recursos financeiros, bem como do espaço físico disponível para alocar cada produto. Além disso, um restaurante consome muitos itens perecíveis e, assim, é fundamental a adoção de um software de automação e gestão para realizar o melhor controle dessa área de suprimentos e estoques.

Aumento do número de atendimentos diários

Um software de automação como o módulo de Frente de Caixa proporcionará o aumento do número de clientes atendidos diariamente, visto que reduzirá as filas e estimulará que o seu público vá ao seu restaurante para consumir, pois um bom e rápido atendimento, proporciona fidelização dos clientes novos e antigos.

Além disso, um software de automação específico para restaurantes permitirá que os atendentes e garçons registrem o seu pedido com maior agilidade, com envio direto para a cozinha. Isso criará um ambiente de maior número de atendimentos dentro de um determinado período, o que aumenta de forma considerável a circulação de clientes diariamente.

Você percebeu o quanto um software de automação e gestão pode fazer pelo seu restaurante? São inúmeros os benefícios que essa plataforma proporciona ao estabelecimento. De modo que toda empresa desse segmento deveria fazer melhor uso das possibilidades que a Tecnologia da Informação disponibiliza.

Gostou desse artigo? Então acesse agora mesmo a nossa seção de notícias para estar sempre informado a respeito das melhores práticas de gestão e softwares de automação.

Frente de caixa: o software que faltava a sua loja!

Um dos grandes gargalos de muitas lojas, o PDV — Ponto de Venda — também conhecido como Frente de Caixa, apresenta atividades de grande importância e que demonstram todo o preparo e preocupação que a sua empresa tem ao prestar atendimento aos seus clientes.

Neste artigo, nós da JS Softcom iremos abordar a respeito da importância do software de Frente de Caixas e te levar a perceber que essa solução é indispensável para o seu negócio.

Organização do atendimento

Nada mais confuso e desestruturador do que a falta de organização no atendimento, não é mesmo? Isso causa incômodo e impaciência nos clientes, e transmite também uma imagem de desorganização na prestação dos serviços de vendas.

Além disso, a falta de organização no atendimento de Frente de Caixa deixa os colaboradores de sua loja desorientados, confusos na sequência de atendimento e quais são as prioridades a seguir.

Se a sua loja sofre com essa desorganização no atendimento, certamente, é um dos vários sinais de que necessita de um software de Frente de Caixa, pois permitirá estabelecer uma ordem cronológica de atendimentos, bem como estabelecer prioridades das atividades que os seus colaboradores devem executar.

Atendimento exclusivo e diferenciado a cada cliente?

Todo cliente gosta de se sentir único, exclusivo e com tratamento diferenciado. E não deixam de ter razão, pois todo cliente não é apenas um consumidor, mas sim um parceiro de negócios.

Nesse contexto, um software de Frente de Caixa permite que o seu time de vendas adote a abordagem adequada a cada cliente, pois terão acesso às informações e características de cada consumidor.

Não deixe essa estratégia faltar na sua empresa, pois demonstrará empatia e zelo ao tratar da sua cartela de clientes com personalização, o que colocará a sua loja em um patamar de destaque.

Otimização para as lojas com alto número de vendas diárias

Se a sua loja possui um alto número de vendas diárias, certamente, você não pode deixar faltar o software de Frente de Caixa, pois permite segmentar o atendimento entre os diversos colaboradores do time de vendas, bem como separar as atividades de pré-vendas e finalização das vendas.

Essa organização e divisão evitará que se forme uma grande concentração de pessoas em um mesmo local da sua loja, eliminará confusões e, ao mesmo tempo, otimizará os processos no atendimento. Dessa forma, o vendedor vai prestar um bom atendimento ao cliente na pré-venda e, após concluir essa etapa, ele será direcionado ao caixa para efetuar o pagamento e finalização da venda.

Integração dos meios de pagamento e documentos fiscais

Para finalizar a venda, a sua loja não pode deixar de contar com um software de Frente de Caixa, pois essa ferramenta disponibiliza toda a integração com os principais equipamentos de meios de pagamento e de emissão de documentos fiscais.

Isso proporciona maior segurança jurídica e legal perante aos órgãos reguladores, bem como agiliza o recebimento proveniente das vendas realizadas. Além disso, um software de Frente de Caixa facilita o processo de verificação e conferência das movimentações de vendas de acordo com o tipo de pagamento, um fator fundamental para evitar falhas e perdas financeiras.

Não deixe faltar o software de Frente de Caixa na sua loja e adote agora mesmo essa solução, pois proporcionará competitividade ao seu empreendimento e fidelização dos seus clientes.

Gostou desse artigo? Então acesse agora mesmo a nossa seção de notícias para estar sempre informado a respeito das melhores práticas de gestão e softwares de automação.

 

Software de gestão comercial: 4 razões para investir em restaurantes

Encontrar maneiras de gerir uma empresa de forma eficiente não está apenas restrita a lojas ou escritórios. Ou seja, restaurantes também podem ser muito beneficiados pela implementação de um software de gestão comercial.

Acima de tudo, essa é uma maneira de agilizar processos, economizar recursos e facilitar a comunicação. Neste artigo, entenda exatamente as 4 razões para investir na tecnologia para o seu restaurante e porque ele será tão beneficiado com isso. Confira!

1. Maior controle de estoque

E se a especialidade da casa deixasse de ser servida por falta de ingredientes? Isso provavelmente teria um grande impacto na imagem do estabelecimento. Mas, com o estoque registrado na tela do seu computador, é possível prever quando é necessário realizar novos pedidos.

Através da tecnologia toda a movimentação é registrada, desde o momento em que um produto é recebido até ser utilizado na cozinha. Dessa forma, além do controle da quantidade, pode-se analisar o custo e ter uma melhor base para a precificação dos pratos no seu restaurante.

2. Ganho em agilidade

Na era da alta velocidade, a maior economia de tempo deve ser o alvo. Com o uso de softwares de gestão, tudo o que acontece dentro do seu restaurante está à distância de um toque. Isso implica em mais facilidade de comunicação entre os setores, seja o administrativo, de vendas e até a cozinha.

Equipando garçons com iPod, o pedido efetuado pelo cliente é registrado e automaticamente enviado à cozinha ou bar. Dessa maneira, mais mesas podem ser atendidas pelos seus colaboradores, enquanto a equipe de cozinheiros e bartenders realizam as preparações.

3. Integração entre todas as etapas

Quando se fala em registro de toda a movimentação do estabelecimento, trata-se efetivamente de todas as etapas, desde o momento em que o pedido é efetuado até o pagamento no caixa. Essa é a maior razão para se investir em um software de gestão comercial para restaurantes, seja um buffet à quilo, alta gastronomia ou delivery.

Com os pedidos sendo efetuados na comanda eletrônica ou balanças integradas ao sistema, o custo é gerado automaticamente e enviado ao sistema de pagamento. Assim, todos os processos são registrados e relatórios gerados de maneira simples. Ou seja, as informações ficam disponibilizadas em uma interface única e intuitiva.

4. Economia de etapas

Através da integração entre pedidos e pagamentos efetuados, a gestão financeira é facilitada. Notas fiscais são geradas e registradas no sistema de maneira automática. Assim, evita erros que podem causar grandes transtornos jurídicos a empresa. Tais dados ainda são armazenados de maneira segura, garantindo a confidencialidade dos arquivos.

A economia de tempo nessas atividades permite ao gestor investir os seus esforços em tomar decisões estratégicas com uma base mais sólida de informações. Assim, o estabelecimento atingirá seus objetivos da melhor maneira.

Há inúmeras razões para investir em um software de gestão comercial para restaurantes. Nesse sentido, a tecnologia pode ser uma grande arma para controlar gastos e dar uma visão realista sobre o negócio. Acesse a nossa página para entender melhor como o seu estabelecimento poderá se beneficiar com esse sistema.

Vantagens de integrar o e-commerce ao sistema da loja física

Geralmente quem possui uma loja física com um bom funcionamento, dificilmente pensará em ter um e-commerce. Para muitos, a ideia de criar uma loja online é um procedimento complexo que envolve desde a configuração da plataforma a criação de anúncios. Mas, diferente do que boa parte destes lojistas pensa, integrar e-commerce ao sistema da loja física não só é simples, como também uma vantajosa estratégia.

Estamos vivendo uma era onde a tecnologia não para de avançar. Por isso, se há algumas décadas ela não tinha tamanha relevância (em certos aspectos), hoje, não vivemos sem ela. As pessoas vivem conectadas, seja para se informar ou se entreter. Assim, a internet tornou-se a principal ferramenta de busca de serviços, facilitando o dia-a-dia das pessoas.

A prova disso é que o comércio online não para de crescer. Ou seja, comprar pela internet se tornou um hábito da população.

De acordo com a pesquisa feita pela PwC, a porcentagem de pessoas que compram online com frequência é de 65%. Já o levantamento realizado pela BigData Corp, aponta que o e-commerce brasileiro subiu 12,5% entre os período de maio de 2017 a maio de 2018. Contabilizam-se cerca de 670 mil lojas online ativas, sendo muitas delas, pertencentes a proprietários de lojas físicas.

A seguir, conheça as vantagens de integrar o e-commerce ao sistema da loja física. Confira!

Integrando o e-commerce a loja física: 3 benefícios

Dentre os benefícios podemos destacar:

  1. A marca já é conhecida: Quando se cria um e-commerce do zero, é natural que se leve um tempo até conquistar o público e seu espaço ao lado de lojas já consolidadas. Contudo, para os donos de loja física, o cenário é diferente.
    .

Uma vez que a sua marca/empresa já está presente no mercado, você já terá uma base de consumidores ativos. Assim, a ideia do comércio elétrónico é oferecer outras formas de consumo e claro, aumentar o seu público. Para isso, tenha em mente que a loja física possui um atendimento limitado, atuando apenas em sua região. Mas, o e-commerce abrange todo o país, podendo também alcançar outros países.

  1. Funcionamento 24 horas:Outra vantagem ao integrar o e-commerce ao sistema da loja física é que, diferente da loja física que possui horários e dias de atendimento, a loja virtual fica aberta 24 horas por dia, de domingo a domingo, incluindo feriados. Isso significa que um consumidor pode acessar o seu e-commerce e adquirir um produto a qualquer momento.
  2. Mais opções na forma de pagamento: Geralmente as lojas físicas contam com formas de pagamento convencionais (dinheiro e cartão de crédito/débito). O e-commerce conta não só com estes meios, como também com aplicativos de pagamento tais como PayPal, PicPay, PagSeguro, entre outros.

Oferecer estes meios de pagamento aos consumidores é importante, porque a maioria dos compradores gosta de parcelar suas compras. Ou seja, quanto mais meios de pagamento um e-commerce disponibilizar, maior será o número de pessoas interessadas em adquirir seus produtos.

Que outros benefícios posso retirar do e-commerce?

Além destas 3 vantagens, a estratégia de integrar o e-commerce a loja física também:

– Reforça a credibilidade da sua marca;

– Aumenta as possibilidades de contato (e-mail, redes sociais, blog e chat);

– Proporciona o autoatendimento.

Gostou deste artigo? Acesse as demais publicações do nosso blog e descubra como controlar seu estoque .

Como aumentar a lucratividade fazendo uma boa gestão de estoque

Você consegue quantificar cada uma de suas mercadorias em estoque neste exato momento? Quais você precisa colocar na lista de compras? Algum desses produtos não está sendo vendido? Você perdeu estoque nos últimos meses?

As respostas para essas perguntas estão diretamente ligadas a gestão de estoque. O problema começa porque muitos empreendedores não se atentam devidamente a essa prática, enfrentando-a como uma atividade extra, sem tanta importância.

Mas, a gestão de estoque é parte importante de qualquer estratégia empresarial, afetando diretamente suas finanças e lucratividade. Se você investir demais em mercadorias, é possível que não sobre orçamento suficiente para outras despesas. Por outro lado, se a mercadoria for insuficiente, você não conseguirá atender as demandas e perderá dinheiro.

Levando isso em consideração, a gestão de estoque é parte essencial da sua empresa. É responsável não apenas pela quantidade de entrada e saída de mercadoria, mas também por analisar as necessidades de compra e venda. Ou seja, dominar essas informações pode fazer toda a diferença no aumento de lucros do seu negócio.

Como a gestão de estoque aumenta a lucratividade?

Aumentar sua lucratividade significa que no final do mês a sua empresa possui mais dinheiro no caixa, do que nos meses anteriores. O aumento de lucro pode ser obtido aumentando a receita ou diminuindo despesas.

Entretanto, existem diversas outras métricas eficientes para aumentar a lucratividade e chegar ao final do mês com um resultado ainda mais positivo apenas fazendo uma boa gestão de estoque.

Otimize a aquisição de mercadorias

Apenas realizando o controle do estoque, você será capaz de estabelecer as necessidades da empresa; qual a quantidade que deverá ser adquirida de cada produto e qual as melhores épocas para isso. Assim, você não fica com mercadoria parada e nem com mercadoria a menos do que precisa.

Outra forma de otimizar suas compras, é adquirir mercadorias de um mesmo fornecedor, para conseguir os melhores preços. Além disso, uma boa prática é programar compras para períodos maiores, dessa forma você tem mais controle sobre o caixa.

Não perca vendas por falta de mercadoria de estoque

Se um cliente entrar na loja procurando por um determinado produto e ele não estiver disponível, a possibilidade de ele buscar por ele em outra loja é muito alta, afinal, ele nem sempre está disposto a esperar.

Uma gestão eficaz do estoque, evita esse tipo de problema e garante que você não ficará sem estoque e atenda a todas as suas demandas. Nada de perder vendas por descuido!

Diminua as perdas

Mercadorias que ficam paradas no seu estoque acabam tornando-se grandes perdas para seu negócio. Por exemplo: se você vende roupas, precisa se adaptar às estações, afinal ninguém comprará casacos no verão.

Além disso, quando você tem uma rigorosa gestão de estoque é possível identificar perdas, avarias e possíveis furtos e, dessa forma, tomar as medidas e precauções necessárias, torna-se mais fácil.

Mantenha todos a par do estoque

Um grande problema sobre a falta de controle sobre o estoque é que ela afeta a eficácia de seus funcionários e, até mesmo, a credibilidade da sua empresa. Vamos imaginar o seguinte cenário: você entra em uma loja de eletrônicos e o vendedor fala maravilhas sobre aquele novo smartphone; você se interessa, decide adquiri-lo e quando o vendedor verifica no sistema, o produto está fora de estoque. Frustrante, para dizer o mínimo, certo? Ter controle sobre o estoque impede esse tipo de inconveniência.

Você sabia da importância da gestão de estoque? Deixe nos comentários!

Não vá embora ainda, aproveite e leia também:Controle os seus estoques .

Já ouviu falar em curva ABC?

A competitividade do mercado gera a necessidade das empresas, cada vez mais, a desenvolver e implementar soluções para se tornar mais eficientes. Essa é a única forma de se manter ativo e de ter alguma chance de sobreviver e crescer nesse mercado. Uma desses conceitos é a curva ABC. Você já ouviu falar dela?

A curva ABC é um modelo de classificação de itens, baseado no teorema de Pareto. Este, muito resumidamente, indica que para diversos eventos, 80% dos efeitos é consequência de apenas 20% das causas.

A ideia surgiu quando o homem que deu origem ao teorema percebeu que 80% da renda do povo italiano se concentrava na mão de 20% da população. Mas, o que isso tem a ver com o mercado?

O pensamento de Pareto foi observado e analisado durante bastante tempo, e se mostrou acertado em diversos setores. Por exemplo, na administração foi percebido que 80% dos problemas são causados por 20% dos fatores e, se aproximando mais da curva ABC, 80% da riqueza de uma empresa é gerada por 20% dos produtos ou clientes.

Então, o propósito da curva ABC é determinar quais são esses produtos e fazer uma classificação de acordo com os mais importantes para uma empresa.

A curva, na verdade, pode ser aplicada a diversos setores dentro de uma empresa. Assim, a mais comum, é a do estoque, em que os produtos são classificados de acordo com a sua importância. Ou seja, o objetivo é garantir que a empresa irá sempre dar atenção aos que são a maior prioridade.

Mas também, podem ser avaliados os clientes que são mais importantes, por trazer mais faturamento para a empresa, e os próprios processos internos, de acordo com o seu fator de sucesso.

Porém, para detalhar um pouco mais como funciona a curva ABC, o foco irá ser na Curva ABC de estoque. Confira aqui, https://www.jssoftcom.com.br/noticias/controle-os-seus-estoques/, outras dicas para a gestão de estoque.

A Curva ABC na gestão de estoque

Primeiramente, as letras ABC representam as categorias de produtos.

A “A”, evidentemente, é a categoria de produtos que mais representa vendas para a empresa. Geralmente, de acordo com o princípio de Pareto, é um grupo muito pequeno. Os fatores do 80/20, não precisam ser exatos, mas sempre flutuam por volta desses números.

O grupo ”B” é mais intermediário. São por volta de 30% dos produtos, e representa 15% dos valores de renda. Por fim, os produtos na categoria “C” são os que tem a menor representatividade nas receitas, cerca de 5%, mas tem a maior quantidade de produtos, por volta de 50%.

O principal objetivo da Curva ABC é destacar as prioridades e evitar certas armadilhas. Por exemplo, se um fornecedor faz uma grande promoção de certos produtos, comprá-los pode ser tentador, mas se ele for um produto de categoria C, é muito difícil valer o investimento, já que a saída dificilmente cobrir o preço da compra.

Por isso, o uso da curva ABC garante três objetivos claros para a empresa:

1 – Ter o estoque ideal

Com a curva, é possível avaliar bem os produtos e garantir que seu estoque sempre irá ter a demanda necessária.

2 – Garantir o acerto nas compras

Com a consulta constante da curva, o setor de compras pode ter um acerto muito maior no momento de adquirir novos produtos ou materiais.

3 – O uso ideal do capital de giro

Gerenciar o capital de giro é o que garante que uma empresa irá se manter saudável. Com a Curva, as compras são mais acertadas, e o capital de giro é muito mais bem empregado.

A Curva ABC é uma ótima solução para a gestão de estoques mais eficiente da sua empresa. Ela é simples de empregar e traz resultados muito positivos. E para saber mais sobre a gestão de estoques, confira o blog.

Como melhorar a gestão do seu negócio com um sistema de automação comercial

Quando se fala em automação comercial, é fácil pensar em eficiência e aumento da produtividade. A automação pode certamente ajudar as empresas a fazer mais com menos, introduzindo fluxos de trabalho inteligentes e removendo tarefas redundantes. A automação também aumenta a visibilidade do que está acontecendo no ambiente de produção. Com isso, libera ainda mais tempo para se concentrar em questões críticas de negócios.

Em alguns casos, a tecnologia de automação pode tomar o lugar dos funcionários. No entanto, as ferramentas de automação funcionam melhor quando permitem que as pessoas se concentrem em grandes projetos. Aqui estão apenas 5 das maneiras pelas quais a automação pode beneficiar sua empresa. Continue lendo Como melhorar a gestão do seu negócio com um sistema de automação comercial

controle de estoque

Controle os seus estoques!

O estoque é centro de toda a operação de qualquer empresa que faça o comércio ou a distribuição de produtos. É lá que eles ficam quando entram e até quando saem. Fazer um controle bem minucioso desse ambiente pode revelar muito sobre o andamento dos negócios de uma empresa. Das menores às maiores, o controle de estoque é sempre fundamental.

Ter o controle total do estoque é uma ótima forma de ganhar tempo e eficiência durante o dia a dia da empresa. Essa prática permite avaliar o melhor momento para repor os produtos. Se o estoque estiver baixo, a ordem para repor pode ser dada previamente. Assim, poupa tempo e evita completamente períodos de falta nas prateleiras. Continue lendo Controle os seus estoques!